Dexter – A Mão Esquerda de Deus

E aew galera, hoje vamos estreiar um espaço muito especial, onde postaremos material enviado por nossos leitores! Isso mesmo! E para entrar com o pé direito temos um convidado especial, seriemaníaco o @Matheusdes com uma review de Dexter!

            nekoffee

“Os fins justificam os meios.”

Essa é a frase ideal para começar um texto que fale sobre Dexter, o novo serial killer mais querido dos Estados Unidos.

Sempre falaram muito sobre “Serial Killers”, e muito repercutiu a idéia de um personagem principal ter essa característica como fardo. De repente surge ‘Dexter, a Mão Esquerda de Deus’ (Darkly Dreaming Dexter), obra literária de Jeff Lindsay que nos faz pensar e  repensar sobre os valores morais de nossa sociedade, e no que nos difere de uma criatura tão peculiar, carismática (entenda como eufemismo pra “maravilhosamente sarcástica”) e vil.

SÉRIE

A série nos apresenta ninguém menos que o magnífico Michael C. Hall [Six Feet Under, Gamer], para interpretar o carismático e complexo personagem Dexter Morgan, que terá sua sexta temporada exibida a partir de outubro.

Mas não só de um personagem vive uma série. Mais alguns fatores se fazem necessários, e outros se tornam simplesmente dispensáveis. Sendo assim, aqui listarei os elementos (pelo menos os que eu lembrar) que foram bons e ruins na série.

nekoffee

Pontos Fortes

  • O roteiro foi um dos pontos que não falhou na maioria das vezes, tendo alguns problemas aparentemente relevantes, mas nada que faça a série ficar menos interessante. Mesmo nas temporadas mais fracas de conteúdo/vilões, sempre tinha aquela coisa que fazia as pessoas sentirem o coração apertado, com os sufocos do Dex;
  • A interpretação, dos personagens mais simples aos mais complexos é algo que também não deixa a desejar na série;
  • Convidados especiais excelentes, tendo em cada temporada alguém de fora pra ser lembrado, pelo resto das temporadas. Dando ênfase pra quarta temporada, com o gênio John Lithgow (Trinity Killer).

 Pontos Fracos

  • Um pequeno problema a ser pensado, é o fato de alguns personagens serem “mal aproveitados”, com algumas situações que são definidas como “perda de tempo”;
  • Algumas resoluções, por mais fantásticas que possam ser nos mostram que algumas coisas poderiam ser mais usadas, pra não existir aquele lance da “Sorte Miraculosa de Dexter”;
  • Outra coisa que assusta inicialmente é a direção de imagem, que dá uma aparência de “série dos anos 80 que a Rede TV reprisa aos sábados durante a noite”. Mas isso logo é superado, e essa aparência estranha logo é substituída.

nekoffee

Afinal, devo ou não assistir Dexter?

            Se você quer preservar sua humanidade, pelo fato de achar nada sadio, as pessoas torcerem pra um serial killer se dar bem (sim, você vai fazer isso até se for evangélico), não tem interesse em pensar de forma social, ou simplesmente não consegue ver sangue (não que o sangue jorre pela sua tela, mas o cara é um Perito em Padrões de “Esparramamento” de Sangue, então convenhamos), essa não é uma série pra você.

            Mas se você gosta de uma bela dose de suspense policial mesclado com comédia a partir de situações sociais pouco comuns, um personagem complexo que segue uma linha lógica não convencional (“os fins justificam os meios”) que algumas pessoas tendem a repudiar (mas você não se importa, que eu sei) essa é definitivamente uma série que você vai gostar, e vai aconselhar pra alguém.

 nekoffee

Anúncios

Sobre Nekoffee

Blog de cultura Nerd/Otaku que vem de forma descontraída trazer informações e também nossa opinião sobre Games, Animes, RPG e afins. Aproveite e tome um cafezinho! xD
Esta entrada foi publicada em Post do Leitor, Séries com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Dexter – A Mão Esquerda de Deus

  1. tiagoww diz:

    Parabéns!! Muito interessante o texto… Não assistiria a série, não pelos motivos que você citou, mas pq acho que não faz muito meu estilo…
    XD

  2. Adoro a serie. Dexter, O serial killer de serial Killers. por causa dele agora escondo coisas atras das palhetas do acondicionado.

  3. Lammeda diz:

    amei essa serie.
    na serie mostr como controlar um pouco os impulsos de uma forma diferent que psicologos do reformatorio nunca ajudou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s