Vampiro, O Réquiem

Vamos adentrar no Mundo das trevas, onde as criaturas vis da noite se espreitam nas sombras, ocultando-se dos mortais desavisados e dando aquele calafrio na espinha. Pois eles estão ali, observando e aguardando o momento adequado para galgar sua presa, para conquistar seu território ou simplesmente para tentar retornar para casa.

Nekoffee

Seres das trevas à espreita de se apossar e se aproveitar dos mortais.

O Novo Mundo das Trevas veio para simplesmente apagar o que se conhecia dos antigos Vampiro a Máscara, Lobisomem o Apocalipse e Mago a Ascensão. Ele renovou, repaginando tudo que se conhecia do cenário, desde a sua origem até a sua estrutura política, renascendo como Vampiro o Réquiem, Lobisomem os Esquecidos e Mago o Acordar.

Nekoffee

Novo visual dos livros com suas capas metalizadas.

Não somente no cenário em si, mas também no seu sistema, que antes era o Storyteller, foi atualizado e simplificado, agora chamado de Storytelling, onde preza pela quantidade menor de jogadas de dados, deixando as ações mais sucintas.

Este post está dedicado para Vampire, The Requiem, onde a sociedade de Membros foi totalmente modificada, tendo seus clãns, sociedade e convívio sofridos uma transformação quase que radical, o que, a meu ver, deixou o cenário mais interessante.

nekoffee

O primeiro choque é o corte no orçamento dos clãns, porque antes eram treze e agora foram podados drasticamente para cinco, que são:

nekoffee

Daeva: Sedutores e passionais que se deixam levar pelos pecados mundanos e apesar de parecerem vampiros frescos você está enganado, muitos deles se deixam levar pela força física, ou simplesmente com o jogo de sedução.

nekoffee

Gangrel: Semelhantes ao que conhecíamos, são vampiros animalescos, ligados a sua besta interior, levados pela selvageria. Não conseguem parar para pensar e raciocinar, simplesmente querem agarrar sua presa com garras e dentes.

nekoffee

Mekhet: Sombrios e misteriosos, são adeptos do conhecimento, sempre silentes e furtivos, a espreita e se infiltrando nos mais absurdos ambientes, simplesmente para proveito próprio ou por algum suborno apropriado.

nekoffee

Nosferatu: Manipuladores do medo, não somente por aparência horrenda, mas pela simples presença desses monstros fazem pessoas tremerem. Manipuladores dos pesadelos e sádicos incomparáveis.

nekoffee

Ventrue: Lordes dominadores, escravizadores de pessoas e também de animais, sedentos por poder, tanto físico quanto sobrenatural, e essa sua grande sede faz com que sua mente se torne frágil com o passar dos anos.

nekoffee

Porém mesmo tendo apenas estas cinco famílias, elas com o passar de tempo se ramificaram e foram criadas as chamadas Bloodlines, que são linhagens de sangue, criando clãns secundários, o que deixou ainda maior o leque de possibilidades de criação de personagens.

nekoffee

Um leque de possibilidades para criação de personagens.

Pois bem está foi uma pincelada rápida sobre Vampiro o Réquiem, e olha que rendeu muito material, o próximo post vou me dedicar às Covenants, que é a novidade do cenário que deixa mais interessante e que faz tecer as redes de intrigas que encobrem o submundo, regendo a Danse Macabre.

nekoffee

Anúncios

Sobre Krizzor

Nerd, otaku, rpgista e tudo mais que seja desse multiverso xD e com orgulho!
Esta entrada foi publicada em Jogos, RPG com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Vampiro, O Réquiem

  1. deu vontade de jogar >.<

  2. o sistema Storyteller e muito melhor (entenda mais apelão) prefiro mil vezes a antiga sociedade e os antigos clãns. e maldito seja Krizzor, agora eu preciso desesperadamente voltar a jogar Vampire: The Masquerade – Bloodlines.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s